" /> Qual o modelo de negócio ideal para os bots? - BlueLab | Automação de Atendimento | Chatbot e Voicebot Qual o modelo de negócio ideal para os bots?

Qual o modelo de negócio ideal para os bots?

24/07/2021

Em busca de otimizar o atendimento ao cliente, pequenas, médias e grandes empresas perceberam nos bots um excelente investimento.

Neste artigo, você vai saber o que é, por que avaliar e qual o modelo de negócio ideal de um fornecedor de bot para o seu negócio. Aproveite a leitura!

 

O que é bot?

Os bots de atendimento são robôs conversacionais, conhecidos também como chatbots (para texto) e voicebots (para voz), que são capazes de interagir com seres humanos através de plataformas como WhatsApp, Facebook Messenger, Telegram, telefone, entre outras.

Equipados com Inteligência Artificial, esses bots de atendimento também podem ser integrados ao chat do seu website para tirar dúvidas de seus clientes e resolver questões simples, liberando assim o tempo dos seus atendentes humanos.

A procura cada vez maior, impulsionada pela pandemia, potencializou o crescimento do mercado de chatbots.

 

Por que avaliar o modelo de negócio do bot?

Atualmente, os bots são a melhor opção para agilizar o seu atendimento ao cliente. Mas, antes de escolher o seu bot, é preciso avaliar com cuidado o modelo de negócio do fornecedor.

De toda forma, você precisa saber que esse modelo de negócio será baseado em alguma forma de precificação de software.

Para resguardar suas finanças, é essencial saber quanto será pago pelo serviço oferecido para que a operação não comprometa sua gestão financeira.

O objetivo final do seu bot deve estar muito claro desde o início, ou seja, deve aumentar a margem do seu negócio, melhorar a imagem da empresa e jamais prejudicar o seu orçamento.

É importante que você entenda cada cláusula do contrato e como será feita a cobrança do seu bot. Assim, a sua empresa consegue ter uma previsibilidade financeira de médio e longo prazo.

 

Quais os principais modelos de negócio?

Confira alguns exemplos de modelos de negócio que são comumente praticados no mercado brasileiro.

Preço fixo

O escopo fechado é certamente um modelo para empresas que ainda estão descobrindo a finalidade do próprio bot. É definido um valor fixo para o desenvolvimento e setup do bot, sem novas cobranças após a entrega. Porém, o gerenciamento do bot fica sob responsabilidade da empresa contratante, enquanto o fornecedor tecnológico sai de cena ou apenas oferece suporte técnico.

Ganho compartilhada

Nesse modelo, é criado um contrato de divisão de receitas e perdas entre as duas partes para um produto ou serviço específico, no caso, o bot. Você pode especificar o seu bot e contratar uma empresa para desenvolver e manter o bot, caso esta não seja sua expertise.

Setup + coparticipação

Nesse modelo, você paga pelo desenvolvimento do seu bot e depois negocia um valor pela evolução do bot, que pode ser uma quantia fixa mensal ou por conveniência, de acordo com os serviços prestados pelo fornecedor.

Assinatura

No modelo de subscription, ou assinatura, o seu negócio paga um valor mensal que pode ser fixo ou variável pela utilização do bot. Ou seja, você não paga pela criação do bot, mas sim pelo seu uso. Essa é uma opção interessante, porque, geralmente, um bot reduz custos e aumenta a receita das empresas.

Atendimento resolvido

Nesse caso, a remuneração é calculada por atendimento retido, mas sem rechamada em 24h em nenhum canal, pois temos a premissa que o cliente não retornou porque conseguiu resolver o problema. Esse modelo pode ainda ser aprimorado combinando com o NPS, por exemplo: um bônus de 30% por chamadas promotoras e um desconto de 50% por chamadas detratoras.

 

Como monetizar o seu bot?

Bom, depois de escolher o modelo de negócio do fornecedor, criar e lançar o seu bot, você pode monetizá-lo. Confira algumas dicas!

Venda direta

Se o seu bot entrega valor para o cliente, por que não vendê-lo como um produto ou serviço? Depois de criar o seu bot, você pode gerar receita oferecendo o bot como um vendedor, por exemplo.

Publicidade

Caso o seu bot alcance o sucesso e converse com um alto volume de pessoas, todos os dias, as empresas podem contratá-lo para campanhas de marketing e divulgação de produtos ou serviços.

Dados

O seu bot pode se tornar uma ferramenta de coleta, análise e tratamento de dados para empresas que buscam fazer o melhor uso das informações.

 

Qual a melhor opção?

Os bots sem necessidade de investimento inicial são com certeza a melhor opção para o seu negócio.

Encontrando fornecedores com esse modelo de negócio, você não gasta nada até o lançamento do seu bot, e começa a pagar apenas após o setup, uma taxa pelos atendimentos realizados.

Existem, no mercado, bots com alta capacidade de atendimento, prontos para realizar milhões de atendimentos por mês, estando aptos a diagnosticar problemas, classificar motivos, agendar visitas, vender produtos, coletar dados, fazer cobranças, etc.

Com fornecedores que praticam esse modelo de negócio, o custo por atendimento é reduzido, tanto no fator humano quanto em relação a tempo e recursos, porque geralmente se tratam de bots capazes de solucionar a maioria dos problemas no primeiro contato.

Com isso, sua equipe de atendimento e SAC possui mais tempo para realizar os atendimentos críticos com mais qualidade.

Algumas dessas empresas oferecem setup e licenças free, além de suporte, treinamento, integrações, upgrades e infraestrutura, tudo incluído.

Vale a pena fazer uma pesquisa aprofundada para escolher o fornecedor com o modelo de negócio ideal para a criação do seu bot.

 

É isso! Agradecemos sua leitura. Até a próxima!

 

Leia também: Saiba como definir e projetar um chatbot ou voicebot que prioriza a experiência do usuário

 

Posts relacionados

Saiba tudo sobre NLP (Processamento de Linguagem Natural)

O consumidor atual é cada vez mais exigente e imediatista. Daí, um bot conversacional que não entende o usuário acaba tra...

Leia Mais

Customer Experience (CX): saiba TUDO sobre.

Customer Experience (CX), ou Experiência do Cliente, em português, pode ser considerado um dos termos “da moda” dentro ...

Leia Mais

Quais as novas profissões relacionadas aos bots?

Em 2020, o mercado de bots foi avaliado em US$ 17,1 bilhões, com previsão de chegar aos US$ 102,2 bilhões em 2026, segundo...

Leia Mais